Resumos de Livros

Trópico de Câncer

Henry Miller

Resumo

Romance autobiográfico, Trópico de Câncer narra as aventuras existenciais e sexuais de um americano em Paris. Como o protagonista, Miller havia se mudado para a capital francesa em 1930. Seu primeiro romance causou furor entre os mais moralistas pela descrição naturalista das relações sexuais. Acusado de pornográfico, o livro só seria lançado nos EUA em 1964, 30 anos depois de ter sido editado.

Síntese
Como tantos escritores que emigraram para a Paris dos anos 1920-30, o norte-americano Henry Miller experimentou na capital francesa tudo o que há de bom e de ruim na condição de exilado voluntário: o desenraizamento, a liberdade, o desespero, a vida anárquica e boêmia, a falta de dinheiro.

Narrado em primeira pessoa, Trópico de Câncer (1934) é o resultado literário dessa experiência, um confronto direto entre o vigoroso individualismo de Miller e o mundo caótico e ameaçador do entreguerras.

Sem obedecer a uma sequência linear, o romance se estende pelos bulevares da cidade, entra em suas pensões baratas, se embebeda nos cafés ordinários, convive com uma multidão de artistas e intelectuais igualmente desenraizados e sem dinheiro, dorme com prostitutas e mulheres solitárias. O ritmo é do relato rápido, ansioso, de quem quer chegar à medula das coisas.

Tendo sido acusado de pornográfico e obsceno quando foi lançado, o livro de Henry Miller pode hoje ser lido, sem as lentes do preconceito, como um dos mais intensos testemunhos literários de uma geração que mergulhou de cabeça na vertigem do século 20.

Veja também:

UOL Cursos Online

Todos os cursos