Guia de estudos: confira 10 temas essenciais de química

Lucas Rodrigues
Do UOL, em São Paulo

Para conseguir um bom resultado em química nos grandes vestibulares, é fundamental que os estudantes conheçam conceitos de radioatividade, cálculo estequiométrico e ligações intermoleculares. 

A pedido do UOL, os professores João Usberco, do cursinho Anglo, Elcio Bertolla, do CPV, e Fernando Abreu, da Oficina do Estudante, elaboraram listas com os dez principais assuntos de química para o vestibular. O roteiro faz parte de uma série que trará o guia de estudos de uma disciplina por dia

GUIA DE ESTUDOS

  • AFP

    Dez temas essenciais de química

  • Rodrigo Capote/Folhapress

    Dez temas essenciais de matemática

  • Luciano Candisani/CI/Divulgação

    Dez temas essenciais de geografia

  • Bruno Miranda/Folhapress

    Dez temas essenciais de física

  • Thinkstock

    Dez temas essenciais de biologia

  • REUTERS/Enrique Castro-Mendivil

    Dez temas essenciais de história

  • Thinkstock

    Dez temas essenciais de filosofia e sociologia

  • Thinkstock

    Dez temas essenciais de inglês

  • Rede Globo/Divulgação

    Dez temas essenciais de português

  • Reprodução

    Dez temas essenciais de espanhol

  • Reprodução

    Dez passos para uma boa redação

Confira os dez temas mais mencionados:

  • Ligações entre átomos e entre moléculas: Podem ser cobrados tipos de ligações químicas interatômicas (iônica, covalente e metálica); ligações químicas intermoleculares, sua dependência da polaridade e geometria das moléculas; e consequências das forças intermoleculares

"É fundamental treinar bastante o desenho de moléculas com a geometria correta", afirma o professor de química Adjalma Rodrigues, do Colégio Magnum.

No caso do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), a tendência é que seja cobrada a relação entre as propriedades das substâncias, temperaturas de fusão e ebulição, com a natureza das ligações presentes, se fortes ou fracas. 

Relação entre solubilidade em água e capacidade de formar ligações de hidrogênio é tema constante.

  • Chuva ácida e efeito estufa: Reações entre determinados óxidos ácidos e a água da chuva ocasionando a chuva ácida, seus motivos --como o aumento do efeito estufa-- e consequências deste fenômeno 

Quem vai fazer prova dissertativa pode se preparar para escrever a reação entre óxidos e água da chuva que forma ácidos. 

"Cuidado com o álcool e os biocombustíveis: sua queima também libera CO2, mas como são renováveis, não agravam o efeito estufa", alerta Rodrigues. 

Calcular pH da água de chuva e distinguir combustíveis renováveis de não renováveis são pedidos clássicos das provas.

  • Cálculos estequiométricos: Cálculos químicos entre os componentes de uma reação baseados em grandezas como quantidade de matéria, massa e volume;

"O problema irá informar a quantidade de reagente e pedir quanto produto será formado, ou vice-versa". É certa a cobrança de estequiometria envolvendo gases, em que os vestibulandos terão que usar a lei dos gases ideais: PV=nRT.

Em altas altitudes, será mais fácil ou mais difícil ferver a água? Água com soluto dissolvido (limonada, por exemplo), é mais fácil ou difícil de congelar? Sempre cai uma pergunta pedindo o sistema com maior pressão de vapor: água com 1 mol de sal ou com 1 mol de açúcar?

 

Treine o cálculo tanto para ácidos e bases fortes, quanto para ácidos e bases fracas.

  • Radioatividade: Emissões espontâneas radioativas, fissão e fusão nucleares e tempo de meia vida dos elementos radioativos;

No Enem, a cobrança normalmente é em torno de cálculos de meia-vida. Em vestibulares mais tradicionais, é importante estudar a natureza das radiações alfa, beta e gama. Aposta certa: Interpretar um gráfico de meia-vida.

ESTUDE PARA O ENEM

  • Johnny Eggitt/AFP

    No Enem, atualidades são pretexto para cobrar análise de conteúdos

    Getty Images

    Prova de exatas do Enem cobra temas básicos; veja o que estudar

    Divulgação

    Confira 21 sugestões de filmes para estudar filosofia e sociologia

    Editoria de Artes/Agência O Globo

    Boa redação pede domínio da dissertação e de atualidades

    Rivaldo Gomes/Folhapress

    Estudar com provas antigas é principal dica para realizar Enem

  • Equilíbrio químicoReversibilidade de reações químicas, constante de equilíbrio e formação do gás amônia

A partir de uma reação em equilíbrio, os vestibulandos terão que acertar em que sentido o equilíbrio será deslocado caso sejam alteradas as concentrações, a pressão, a temperatura, ou a quantidade de reagentes.

Reconhecer álcoois, fenóis, aldeídos, cetonas, ácidos, aminas, etc.  As provas costumam trazer uma questão tradicional em que apresenta um polímero e pede as funções orgânicas presentes. O professor aconselha atenção ao polietileno, ao isopor, ao PVC, aos poliésteres e às poliamidas.

  • Pilha e eletrólise: Relações entre as reações químicas e a corrente elétrica. Pilhas e cálculos de força eletromotriz. Eletrólise ígnea e aquosa. Quantidade de matéria envolvida nestes processos

A partir da reação, o vestibulando terá que dizer qual espécie oxida, qual reduz e, provavelmente, fazer o balanceamento por oxirredução. 

  • Termoquímica: Relações entre as reações químicas e a quantidade de calor. Reações exotérmicas e endotérmicas. Quantidade de matéria envolvida nestes processos

Tradicionalmente cobravam-se cálculos nesse conteúdo. Atualmente, ele tem sido mais relacionado aos problemas ambientais: eficiência de combustíveis, potencial de emissão de gases estufa (por uma termelétrica, por exemplo), etc

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos