UOL Vestibular Notícias
 

28/11/2011 - 12h00 / Atualizada 29/03/2012 - 11h52

Depois dos exames da primeira fase, a senha é continuar estudando

Página 3 Pedagogia & Comunicação
São Paulo

Ultrapassados os exames da primeira fase de um vestibular, os candidatos devem estar cansados, mas o ritmo de estudos não pode parar. Muitos processos seletivos de outras grandes universidades podem não ter acontecido e a segunda fase, para os classificados, vai exigir ainda mais. Portanto, o período pós-primeira fase será de estudos para vestibulandos e para quem acompanha o roteiro de estudos do UOL Vestibular.

Iniciamos nosso plano de estudos da semana com Geografia, sobre a diversidade regional da agricultura e da pecuária brasileira. Trata-se de tema importante para os vestibulares, pois o País está mudando nesse aspecto. A exportação de commodities, principalmente soja e carne, tem predomínio, depois de um período em que produtos industrializados protagonizavam a economia.

A recomendação, nesse caso, volta-se para estudar mapas do Brasil, situando a organização do espaço nacional em função das atividades agropecuárias. É importante situar no mapa onde está a produção pecuária, em que locais é voltada para corte e onde é leiteira. Quanto ao avanço do cultivo da soja, destaca-se a região Centro Oeste e a fronteira da Bahia com Tocantins, Maranhão e Piauí.

 

Anexos

Passamos para Biologia, com embriologia e anexos embrionários. Neste tópico, é necessário saber quais são os anexos embrionários e em quais grupos de animais ocorrem além de sua finalidade. Já embriologia e a origem dos tecidos não têm aparecido há algum tempo nas provas. E ninguém deve reclamar, pois se trata de um conteúdo muito difícil.

 

Atração e repulsão

Questões teóricas para determinar se existe ou não corrente induzida e qual o sentido dela são as principais abordagens feitas sobre eletromagnetismo, nas provas de Física. Confirmada nossa afirmação, o candidato deverá utilizar a Lei de Lenz. É preciso lembrar também que cálculos envolvendo eletromagnetismo caem com menos frequência, e quando acontece, geralmente, é nas provas de segunda fase.

Atração e repulsão de ímãs, bússolas no interior de campos magnéticos e o movimento de carga no interior de campos magnéticos são outras possibilidades deste conteúdo. A dica aqui é usar a regra da mão direita para o campo magnético em torno de condutores e a regra da mão esquerda para o movimento de cargas elétricas no interior de campos magnéticos.

 

Independência?

Dos fenômenos físicos passamos à dinâmica social, em História geral. A descolonização e os principais movimentos de libertação nacional na Ásia e África constituem mais um dos tópicos relacionados à Guerra Fria. O envolvimento neste conflito levou ao enfraquecimento dos países colonizadores.

Neste ponto é importante identificar as diferenças entre os processos que ocorreram nos dois continentes. Na África, houve muitas guerrilhas. Na Ásia, a característica foi pacífica, com destaque para o movimento não violento de desobediência civil de Gandhi, que acabou expondo a violência da colonização britânica.

Na África, é preciso pensar nas guerrilhas na Argélia e em Angola, além das consequências desses processos. De fato, na África do Sul, após a independência, constituiu-se um governo racista, enquanto no Saara Ocidental persiste a invasão do Marrocos após a expulsão dos colonizadores espanhóis. Como os países independentes usaram as fronteiras estabelecidas artificialmente no período colonial, continua a rivalidade entre populações locais, com guerras civis como as de Ruanda, Sudão e Serra Leoa.

 

Década perdida

A redemocratização ou Nova República é tema cobrado nas provas de História do Brasil, geralmente ainda atrelada ao fim da ditadura militar. Destacam-se o movimento Diretas já, a emenda Dante de Oliveira e a eleição para presidente (ainda indireta) de Tancredo Neves, que acabou falecendo, substituído pelo vice José Sarney.

Fatos dos governos democráticos propriamente ditos são mais raros de cair nas provas. Mas não custa lembrar os problemas econômicos, a hiperinflação e estagflação. Nessa época, o governo tentava fazer planos de estabilização, em um cenário muito precário. Foi a chamada “década perdida” da América Latina.

Não se deve esquecer de estudar também sobre o contexto histórico-político da Constituição Federal, de 1988.

 

Sabão da roça

Na semana passada, vimos que esterificação é uma das reações orgânicas mais importantes em Química. Agora, nos dedicamos a um tipo de reação parecida, a saponificação. Nela, o éster (ácido graxo, gordura) reage com base, formando sal e álcool. Quando esse sal tem cadeia longa, é um sabão, daí vem o nome saponificação. Este processo é muito usado, por exemplo, no meio rural, para fabricar sabão caseiro.

Com a evidência do biodiesel para a economia brasileira, o alerta vai para a crescente importância da reação de transesterificação, que ocorre entre um éster e um álcool e da qual resulta novo éster e novo álcool.

Em Matemática, continuamos em geometria analítica. Como já comentamos na semana passada, os exercícios mais importantes deste capítulo são sobre reta e circunferência. A orientação é continuar nessa linha de estudos e acrescentar elipse, hipérbole e parábola.

Quem já estudou equações e inequações do segundo grau deve ter visto parábola. Nestes exercícios, o candidato precisa identificar que equação de primeiro grau refere-se a uma reta. Se for do segundo grau, distinguir entre circunferência e cônica.

 

O que é ser moderno

O tempo era curto e o desafio grande. Manuel Bandeira, Mario de Andrade e Oswald de Andrade foram os principais representantes da primeira geração modernista, tema de Literatura. Neste ponto é bom lembrar que depois da Semana de Arte Moderna de 1922, tivemos a fase heroica desses autores, caracterizada pela adoção dos ideais modernistas.

Esse período durou até 1930. Depois de consagrados os ideais (e os autores), a preocupação passa a ser mais política que estética. Estes são aspectos importantes de se observar para o vestibular.

A prioridade a recursos estéticos ou à temática político-social dos primeiros modernistas pode ser o ponto de partida para estudar estratégias de articulação de texto em Português. Nesse sentido, é bom ter noção de coerência e coesão textual.

Veja mais

Revisão de disciplinas

Temas importantes

Hospedagem: UOL Host