PUBLICIDADE
Topo

Redação

-

Como se preparar antes das provas


  • Leia jornais e revistas porque os temas sociais e atuais têm predominado nos principais vestibulares do país nos últimos anos. A leitura também ajuda a aumentar o vocabulário. Faça da leitura um hábito.
     
  • Leia os editoriais dos jornais, que são bons modelos de dissertação (estrutura de texto mais pedida nos exames) e ajudam a perceber técnicas de argumentação. Reescreva os editoriais mudando o vocabulário.
     
  • Faça uma redação por semana. Reescreva os seus textos corrigindo os erros indicados pelo professor.
     
  • Converse sobre assuntos polêmicos para aumentar o seu repertório de argumentos. Leia a redação dos colegas e peça que eles leiam as suas.
     
  • Vá ao cinema, ao teatro e a exposições. Elas são fontes de informação e ajudam a ter uma visão mais ampla da realidade.
     
  • Fique atento a outros tipos de texto, como histórias em quadrinhos e letras de música, que podem aparecer na coletânea de textos apresentados.
     
  • Não tenha medo de expor sua opinião no texto. O que importa é como você a expressa e como faz a argumentação.
     
  • Evite a repetição. A clareza e a objetividade são itens muito importantes.

    O que fazer na hora da prova
  • Fique atento ao que está sendo pedido: você está sendo avaliado pela sua capacidade tanto de produzir o texto quanto de interpretar o enunciado. Fazer o que o enunciado pede é fundamental.
     
  • Faça períodos curtos, pois os longos podem tornar o texto confuso e criar problemas de coesão e coerência.
     
  • Fuja das fórmulas prontas e dos clichês (como "o Brasil é um país de contrastes"; "todo homem é uma ilha"; "transpondo as barreiras"). Seja original.
     
  • O uso inadequado de palavras ou expressões invulgares dá a impressão de uma falsa erudição e é considerado um grave erro.

    Quando a prova é anulada
  • Prova em branco.
     
  • Fuga do tema: ainda que seja bom, se não tratar do tema pedido, o texto será anulado.
     
  • Estrutura inadequada. Não narre em vez de dissertar e vice-versa, por exemplo.

Redação