PUBLICIDADE
Topo

Química

Química -

Em 1993, começou um projeto na Inglaterra visando substituir o óleo diesel pelo biodiesel, produzido de sementes de mostarda silvestre. Biodiesel é uma mistura de ésteres metílicos de ácidos graxos.

Ésteres são substâncias resultantes da reação de um ácido carboxílico com um álcool. Ésteres metílicos de ácidos graxos derivam de reações de metanol com ácidos graxos (ácidos carboxílicos com número de átomos de carbono ao redor de 18). Os ésteres metílicos de ácidos graxos (biodiesel) são produzidos a partir de substâncias contidas nos óleos vegetais, como óleo de mostarda, de girassol ou de soja.

O óleo vegetal extraído não pode ser usado diretamente como combustível porque é muito viscoso (como o mel) e, por isso, o motor precisaria ser modificado. Os óleos vegetais são transformados em ésteres metílicos de ácidos graxos (biodiesel) que têm características semelhantes às do óleo diesel.

O diesel, combustível extraído do petróleo, é uma mistura de hidrocarbonetos com 15 a 24 átomos de carbono. A sua queima provoca vários problemas ambientais como:

1. Emissão de partículas minúsculas de carvão devido à queima incompleta;

2. Emissão de dióxido de enxofre, que na atmosfera se transforma em ácido sulfúrico, um dos principais causadores da chuva ácida;

3. Efeito estufa, causado pela emissão de gás carbônico (CO2). O aumento da concentração de gás carbônico no ar causa o aquecimento da atmosfera por causa da absorção da radiação infravermelha pelo CO2. Os raios infravermelhos são irradiados pelos corpos quentes da superfície da Terra.

O diesel do petróleo é um combustível não-renovável. O petróleo leva milhões de anos para se formar.
Vantagens do biodiesel:

a - O biodiesel é um combustível renovável e a sua grande vantagem é que, na formação das sementes, o gás carbônico do ar é absorvido pela planta. Isso compensa o gás carbônico emitido na queima do biodiesel;
b - Pode ser usado em motores sem nenhuma modificação. O calor produzido por litro é quase igual ao do diesel;
c - Pouca emissão de partículas de carvão. O biodiesel é um éster e, por isso, já tem dois átomos de oxigênio na molécula. Na queima do biodiesel, ocorre a combustão completa. É necessária uma quantidade de oxigênio menor que a do diesel.

Apesar das vantagens ambientais, o biodiesel ainda não é um produto comercial por ter um custo de produção mais alto que o do diesel do petróleo. *Ricardo Almeida é coordenador de química do colégio Bandeirantes

Química