Fuvest

Professores indicam 5 questões da Fuvest que candidato tem que acertar

Bruno Aragaki

Colaboração para o UOL, no Rio

  • Getty ImagesGetty Images

A pedido do UOL, professores de cursinhos pré-vestibulares selecionaram cinco questões que o candidato não pôde errar na primeira fase da Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) 2018, aplicada neste domingo (26).

São questões consideradas fáceis ou que tratam de assuntos clássicos do ensino médio e, por isso, essenciais para quem quer avançar para a segunda fase na peneira da USP (Universidade de São Paulo) -- os convocados serão conhecidos em 18 de dezembro.

"Se o nível de preparo dos alunos for igual ao do ano passado, pode acontecer de nas carreiras mais concorridas, a note de corte deste ano subir", diz o diretor do cursinho da Poli, Gilberto Alvarez, para quem "de uma maneira geral, a prova deste ano foi um pouco menos complexa e, portanto, há menos espaço para errar".

Confira a seleção de questões consideradas fáceis:

1. Português – 85 (prova V), 63 (prova K), 33 (prova Q), 63 (prova X) e 17 (prova Z). Alternativa A

Professores dos cursos Anglo, Etapa e Objetivo, em unanimidade, escolheram esta como a questão mais fácil da Fuvest 2018: para acertá-la, bastava saber que "legal", em língua portuguesa, se refere a algo lícito, isto é, de acordo com a lei, mas também tem o significado de algo "bom".  
 

2. Geografia – 51 (prova V), 73 (prova K), 05 (prova Q), 79 (prova X) e 33 (prova Z). Alternativa B

"O aluno que assiste à previsão do tempo conseguiu acertar essa pergunta", diz a professora Vera Lúcia Antunes, do curso Objetivo, que selecionou a questão sobre massas de ar como uma das mais fáceis da Fuvest 2018. A alternativa correta, B, indica que a "Massa Polar Atlântica se desloca a partir do Sul em direção ao norte do território brasileiro e tem como característica a presença de ar frio, podendo atingir a região Centro-Oeste no inverno".
 

3.   História – 66 (prova V), 88 (prova K), 42 (prova Q), 72 (prova X) e 26 (prova Z). Alternativa E
Para o diretor de ensino do curso Anglo, Paulo Moraes, a questão mais fácil de história era essa em que o candidato teve que associar Benito Mussolini, o pai do fascismo na Itália, e Filippo Marinetti, poeta italiano conhecido pelo futurismo, a conceitos como "ideologia da guerra" e velocidade – expressos na alternativa E. Os conhecimentos são considerados básicos para alunos de ensino médio.

4.  Inglês – 86 (prova V), 64 (prova K), 12 (prova Q), 86 (prova X) e 40 (prova Z). Alternativa E.
A professora de inglês do curso Objetivo, Cristina Armaganijan, aponta uma questão em que a resposta estava clara no texto: bastava saber que "damaged" quer dizer "danificada".

Com enunciado em português, a questão 86 perguntava ao aluno o motivo da importância da estátua da Rainha Vitória, em Quebec. No texto apresentado, a frase "The fact it's damaged is what makes it so important" dava a resposta correta, traduzida na alternativa E: "ter sofrido danos em sua estrutura".

5.     Física – 1 (prova V), 36 (prova K), 80 (prova Q), 36 (prova X) e 57 (prova Z). Alternativa B.
Algumas continhas de multiplicação e divisão levariam o candidato a acertar a primeira questão de física da prova da Fuvest 2018 selecionada pelo curso Anglo como a mais fácil da disciplina. O candidato precisou transformar a taxa de transferência de calor dada pelo enunciado em quilocalorias por hora em joules por segundo, mas a questão já dizia que 1 cal = 4 J.

Dessa forma, bastava multiplicar 90 por 1.000 (transformando quilocalorias em calorias) e, na sequência, por 4, transformando em joules, o que resulta em 360.000 joules. E no denominador, multiplicar 1 por 3.600, que é a quantidade de segundos que há em uma hora, resultando em 3.600. A divisão de numerador por denominador dá um número redondo "100", facilmente identificável no gráfico como correspondente à espessura de 1,5 cm. 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos