Fuvest

Fuvest 2016: aprovado é branco, fez escola privada e não trabalha

Do UOL, em São Paulo

A maioria dos candidatos aprovados e que fizeram matrícula nos cursos selecionados pela Fuvest 2016 é branca, fez ensino médio em escola particular e não trabalha. O levantamento foi divulgado pela instituição e feito com base no questionário socioeconômico dos alunos.

Segundo o balanço, a maioria dos matriculados é homem (57,7%), fez cursinho pré-vestibular (57,9%) e tem renda familiar igual ou maior que 5 salários mínimos (64,4%). A maior parcela dos matriculados não trabalha (78,1%) e pretende ter ajuda dos recursos dos pais para manter os estudos universitários (64,6%).

Apenas 16,3% dos aprovados que se matricularam se declararam negros. A grande maioria se declarou branca: 76,4%. Em medicina de Ribeirão Preto, curso de maior concorrência da Fuvest 2016, a taxa de matriculados brancos dispara para 86,2%.

No total, foram ofertadas 9.688 vagas: 9.568 para a USP e 120 para o curso de medicina da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Além dessas, a USP ofereceu outras 1.489 vagas pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos