PUBLICIDADE
Topo

Vestibular

Veja dicas de estudo de quem foi aprovado em vários vestibulares

Do UOL, em São Paulo

06/05/2014 06h00

O UOL Vestibular selecionou dicas de estudo de sete estudantes aprovados neste ano em processos seletivos de universidades públicas (federais, estaduais e militares) e instituições internacionais. Além das estratégias relacionadas abaixo, os alunos também relataram rotinas com muitas horas diárias de estudo. 

Para encarar a maratona de estudos para o vestibular, é preciso ficar atento a alguns pontos como postura e alimentação. Especialistas acreditam que estudar sentado em uma cadeira regulável, em frente a uma mesa com altura compatível e manter uma postura ereta são fatores que influenciam diretamente a qualidade do estudo. Manter o local de estudo organizado também é fundamental, pois evita possíveis distrações, otimiza o tempo entre uma tarefa e outra e não estressa. 

Vestibulandos também devem ter um cuidado especial com a alimentação. Incluir no cardápio peixes magros, linhaça, frutas amarelas e cítricas, chocolate amargo e muita água ajuda a manter a concentração. Já para combater o estresse antes do vestibular, os estudantes podem apostar na prática de esportes, como natação e corrida, e em movimentos de ioga. 

Estudantes dão dicas para ir bem no vestibular

  • Carlos Eduardo Cherem/UOL

    Treinar com simulados e provas antigas

    Maior média no Sisu de janeiro de 2014, Mariana Lima, 18, conta que fez simulados do Enem de pelo menos três disciplinas todas as semanas durante dois anos. Além do conteúdo, ela destaca: "o aluno tem de ter malícia e saber até chutar, quando necessário"

  • Arquivo Pessoal

    Consultar livros de teoria

    "Com a consulta aos livros, na hora dos exercícios, a pessoa fixa mais a matéria", afirma Bernando Monteiro, 17, segunda maior nota do Enem. Outra dica do estudante aprovado em engenharia aeroespacial na UFMG é não estudar cansado e reservar algum tempo para atividades de lazer

  • Arquivo pessoal

    Investir em leituras complementares

    Para Guilherme Migueis, leituras além dos livros didáticos ajudam na redação. Dono da terceira melhor nota no Enem, o estudante indica artigos de revistas que podem ajudar na "atualização do candidato" e "também com uma nova perspectiva e novos modelos de escrita"

  • Arquivo pessoal

    Aproveitar (muito bem) as aulas

    Muita atenção às aulas: essa é principal dica de Cassio Kenji, 17, que foi aprovado na USP, Unicamp e UFABC. "Aproveitei o ensino médio", comenta o estudante. Como? Ele conta: "prestar atenção nos professores, fazer anotações e aproveitar o melhor que a escola podia oferecer"

  • Tiago Queiroz/Ismart/Divulgação

    Fazer resumos para guardar conteúdo

    Victor Domene, 17, era conhecido como o "rei dos resumos" no colégio. Aprovado em cinco universidades norte-americanas, ele entrega a estratégia:"Não se trata de fazer um resumo do que está no livro, mas um 'brainstorm' [compilação das ideias] do que se aprende com a aula"

  • Carlos Eduardo Cherem/UOL

    Ler livros (muitos livros)

    Pedro Henrique Menezes, 18, foi o segundo colocado em medicina na UFMG e acredita que a leitura de livros o ajudou muito. "Foram os livros, mesmo, que me ajudaram. A sabedoria está nos livros. Os argumentos estão nos livros. Neles, percebemos o mundo", afirma

  • Arquivo Pessoal

    Acompanhar as notícias

    A principal dica de Beatriz Pêgo, 18, para fazer uma boa redação é acompanhar de perto as notícias e estar por dentro das atualidades. "Esses assuntos podem participar diretamente da temática elaborada pela banca, como aconteceu no Enem 2013", diz a estudante que tirou 1.000 no seu texto

Vestibular