PUBLICIDADE
Topo

Com metade da nota, cotista entra nos cursos mais concorridos da Uerj

Do UOL, em São Paulo

23/01/2013 18h01Atualizada em 23/01/2013 18h48

A Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) divulgou nesta quarta-feira (23) a relação das notas máximas e mínimas dos candidatos aprovados no vestibular 2013. A lista revelou a discrepância entre o desempenho mínimo exigido de cotistas e não cotistas nos cursos mais concorridos da universidade – pioneira na adoção de reserva de vagas no país.

Nas graduações que tiveram as notas de corte mais altas, a diferença entre a nota de quem optou pela ampla concorrência e quem optou pelas cotas chegou a ser o dobro. Para ser aprovado no curso de engenharia mecânica, o candidato “regular” precisou tirar, no mínimo, 84,75 pontos, contra 41,5 pontos dos alunos da rede pública e 40,25 dos candidatos que optaram por cotas raciais.

No curso de engenharia civil, a diferença foi semelhante: 80 pontos para candidatos de livre concorrência, 43 pontos para estudantes de escola pública e 38 pontos para cotistas raciais. O mesmo padrão se repetiu, em igual ou menor medida, nos cursos de engenharia de produção, engenharia química, relações internacionais e direito.

O resultado contraria tendência verificada no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que seleciona estudantes para faculdades públicas por meio da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). No sistema federal, a diferença das notas de corte nos cursos de ponta, foi em média, de 5%.

Desde 2002, por força de uma lei estadual, a Uerj adota reserva de vagas. De acordo com o edital do vestibular deste ano, 45% das vagas foram destinadas a cotistas – 20% para alunos de escolas públicas, 20% para estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas e 5% para portadores de deficiência ou filhos de policiais militares.

Medicina é exceção

Dentre os principais cursos da Uerj, o de medicina foi a exceção no que se refere  à diferença de notas entre candidatos cotistas e não cotista. A nota mínima para aprovação na ampla concorrência foi 85,25 (maior nota de corte do vestibular), contra 76,5 entre cotistas raciais e 73,25 de estudantes da rede pública.

Veja os 10 cursos com as maiores notas de corte da Uerj

CursoNota mínima - Ampla concorrênciaNota mínima - Alunos de escola públicaNota mínima - Cotas raciais
Medicina85,2573,2576,25
Engenharia Mecânica84,7541,5040,25
Engenharia Civil80,0043,0038,00
Engenharia Química79,0046,5045,00
Direito78,7553,0052,25
Engenharia de Produção78,2540,5037,50
Relações Internacionais77,0052,7544,50
Desenho Industrial76,5057,0050,25
Jornalismo75,7554,0048,50
Letras: Inglês/Literaturas73,5035,2531,25