PUBLICIDADE
Topo

Manifestantes pedem cotas na USP; universidade discute mudanças no vestibular

Da Redação

Em São Paulo

31/03/2011 13h19

Cerca de 50 pessoas fazem um protesto nesta quinta-feira (31) no local onde acontece a reunião do Conselho de Graduação da USP (Universidade de São Paulo), que vai decidir sobre as mudanças para o vestibular 2012 da Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular). Eles pedem a extinção do Inclusp (Programa de Inclusão Social da USP) e a criação de cotas sociais e raciais.

O Inclusp dá um bônus de 3% na nota do vestibular para os alunos oriundos de escola pública. No entanto, o conselho deve fazer alterações no programa, aumentando o bônus e criando novas regras. O órgão também estuda modificações na prova e na pontuação do vestibular.

Segundo Fabio Hideki, professor e coordenador do curso pré-vestibular do Crusp (Conjunto Residencial da USP), os movimentos querem uma “discussão real” com a sociedade civil, tanto dentro quanto fora da universidade.