PUBLICIDADE
Topo

"Pronto, chefe. Já entreguei a carta a ele em mãos"

Atualizada em 8 de julho de 2009

"Pronto, chefe. Já entreguei a carta a ele em mãos."

As palavras que se escrevem no sobrescrito de carta para indicar que ela deve ser entregue diretamente ao destinatário trazem uma polêmica entre os dicionaristas. Vejamo-la:

Aurélio

Em mão.

1. Palavras que se escrevem (em geral abreviadamente: E. M.) no sobrescrito de carta cuja entrega ao respectivo destinatário se confia a um particular, e não ao correio.

2. Diz-se desse modo de enviar correspondência: Mandei-lhe uma carta em mão. [Tb. se diz em mão própria.]


Aulete

Em mão(s).

Usado para indicar que a carta ou outro documento enviado a alguém é, ou deve ser, entregue ao destinatário por um mensageiro particular, e não através do correio.


Houaiss

Em m.(s)

1. Palavras usadas no subscrito de cartas que, em vez de mandadas pelo correio, são para ser entregues pessoalmente a quem vão endereçadas (abrevia-se E.M.).

2. Expedida dessa forma. Ex.: chegou-me uma carta em mão(s)


Observe que somente o Aurélio registra tal expressão com o uso obrigatório no singular. O Houaiss e o Aulete admitem tanto o singular quanto o plural. A escolha é sua.

Pronto, chefe. Já entreguei a carta a ele em mão.
Pronto, chefe. Já entreguei a carta a ele em mãos.