PUBLICIDADE
Topo

"Na resposta à CPI, a ministra Dilma Rousseff disse ..."

Atualizada em 3 de junho de 2009

"Na resposta à CPI, a ministra Dilma Rousseff disse que não dispõe de dados sobre as datas e os horários de entrada e de saída deles do Palácio do Planalto".

Essa frase consta de um artigo que comenta as audiências do empresário Marcos Valério com o então ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu. Não trataremos de política nem escreveremos sobre a podridão de Brasília. Ater-nos-emos à gramática, que é o objeto de nossa coluna.

A frase apresentada contém dois trechos que poderiam ser melhorados caso o(a) autor(a) quisesse escrever seu texto estritamente dentro do português-padrão, com as adequações gramaticais que esse estilo exige.

Não afirmo que o(a) autor(a) tenha errado; ele(a) escreveu aquilo a que estamos habituados no cotidiano. A intenção de nossa coluna é alertar os estudantes quanto a questões que possam constar de alguma avaliação, e não corrigir erros alheios. A intenção é levar os jovens a raciocinar adequadamente, construindo estruturas sintáticas que obedeçam à gramática normativa. Vamos, então, à explicação:

A ministra Dilma Rousseff disse algo. O que ela disse? Que ela não dispõe de dados. Esses dados de que ela não dispõe têm relação com dois termos: as datas e os horários. Ela, então, disse que não dispõe de dados sobre as datas e disse também que não dispõe de dados sobre os horários. A conjunção e, portanto, seguramente não liga os substantivos datas e horários, e sim as orações ela não dispõe de dados sobre as datas e ela não dispõe de dados sobre os horários.

Ao montar a frase, não repetiremos tantos termos assim. Eliminaremos, então, os excessos: não há necessidade de repetir o verbo dispor nem o substantivo dados; já a preposição sobre (ou qualquer outra que possa ser usada) tem de encabeçar cada termo a que se referir. A frase, então, ficaria assim:

  • Ela não dispõe de dados sobre as datas e sobre os horários.

    Há, porém, ainda, um problema: a conjunção e liga dois elementos afirmativos; a conjunção que liga elementos negativos é nem. Por exemplo:
     
  • Ele estuda e trabalha.

 

  • Ele não estuda nem trabalha.

    A frase, portanto, deve ser assim escrita:
     
  • Ela não dispõe de dados sobre as datas nem sobre os horários.

    Muito bem. O primeiro trecho já foi melhorado. Vamos ao segundo:

    As datas e os horários se referem às entradas e às saídas de Marcos Valério. Quem entra, entra EM algum lugar e quem sai, sai DE algum lugar. Há duas preposições, porém o texto só apresenta uma.
     
  • Marcos Valério entrou no Palácio do Planalto e Marcos Valério saiu do Palácio do Planalto.

    Preposição é elemento importante na montagem de orações. Elas não podem ser omitidas, entretanto não devemos repetir a expressão Palácio do Planalto; ela há de ser substituída por outro elemento. Temos de estruturar assim:
     
  • Marcos Valério entrou no Palácio do Planalto e de lá saiu várias vezes.

    A frase apresentada trata dos horários de entrada e dos horários de saída deles, logo houve várias entradas e, consequentemente, várias saídas. São, então, AS entradas e AS saídas. Portanto, também são os horários DAS entradas e os horários DAS saídas. A maneira como corrigimos a frase até agora deixa-a assim:
     
  • Na resposta à CPI, a ministra Dilma Rousseff disse que não dispõe de dados sobre as datas nem sobre os horários das entradas deles no Palácio do Planalto e das saídas deles de lá.

    OK! OK!, caro internauta. Fica esquisito, concordo. Por isso passamos a escrever de maneira menos engessada; por isso criamos a nossa língua brasileira, um pouco diferente do português-padrão. Porém, as avaliações escolares e vestibulares querem isso de nossos pobres estudantes.

    Há, no entanto, uma maneira de deixar a frase um pouquinho mais parecida com a nossa linguagem cotidiana: trocando os substantivos entrada e saída pelos verbos entrar e sair. Para tanto, deveremos usar o pronome relativo que, ligando esses verbos ao substantivo horários: o horário em que eles entraram e os horários em que eles saíram. Eles entraram EM determinado horário; eles saíram EM determinado horário. Eis de novo a preposição. Ela deve aparecer duas vezes no período. Veja como ficaria a frase:

    Na resposta à CPI, a ministra Dilma Rousseff disse que não dispõe de dados sobre as datas nem sobre os horários em que eles entraram no Palácio do Planalto e em que de lá saíram.

    Na resposta à CPI, a ministra Dilma Rousseff disse que não dispõe de dados sobre as datas nem sobre os horários das entradas deles no Palácio do Planalto e das saídas deles de lá.