PUBLICIDADE
Topo

"Juiz dá prazo para retorno das aulas"

Atualizada em 2 de julho de 2009

"Juiz dá prazo para retorno das aulas."

As universidades estaduais de Londrina, de Maringá e de Cascavel, todas no Paraná, estiveram em greve por mais de cinco meses. Na primeira página do caderno "Folha Cidade", da Folha de Londrina de 24 de fevereiro de 2002, havia a seguinte notícia, tendo como manchete a frase apresentada acima:

"O juiz da 2ª Vara da Justiça Federal em Londrina, Danilo Pereira Júnior, buscou ontem colocar fim à greve dos servidores das universidades estaduais, que completa 160 dias. Ele determinou ao reitor da Universidade Estadual de Londrina, Pedro Gordan, e aos representantes dos sindicatos de servidores e grevistas que encaminhem a proposta de retomar as aulas em duas semanas..."

Perceba, caro internauta, que o juiz ordenou aos professores que retomassem as aulas, ou seja, o sujeito da ação do verbo "retomar" são os professores, e não as aulas.

A frase está inadequada aos padrões cultos da língua portuguesa, pois o substantivo "retorno" admite a utilização da preposição "de" em apenas dois casos: elemento agente e circunstância de procedência. Na indicação de destino, direção, rumo ou volta, regresso, deve-se utilizar a preposição "a". Observe os seguintes exemplos:

  • O retorno dos alunos foi tranquilo. (Os alunos retornaram a algum lugar = elemento agente)

 

  • O retorno do Rio de Janeiro foi tranquilo. (Alguém retornou do Rio de Janeiro = procedência)
  • O retorno ao Rio de Janeiro foi tranquilo. (Alguém retornou ao Rio de Janeiro = destino)

    A frase apresentada, então, deveria ser assim estruturada:

    "Juiz dá prazo para retorno às aulas."