PUBLICIDADE
Topo

"Feliz aquele que ansia por um futuro melhor"

Atualizada em 02/02/2015, às 12h45

Por Dílson Catarino*:

Feliz aquele que ansia por um futuro melhor

Infeliz aquele que não procura desenvolver-se culturalmente. A ordem do dia é procurar o crescimento intelectual, a fim de que não se fique estagnado no tempo e não seja deixado para trás pelos mais "inteligentes". Aprender a própria língua é uma obrigação de todos. Não se deve desprezar o nosso idioma. Eu anseio por que o dia em que todos valorizem a língua chegue. É isso mesmo: Eu anseio, e não eu ansio.

Os verbos mediar, intermediar, ansiar, remediar, incendiar e odiar têm as pessoas eu, tu, ele e eles no Presente do Indicativo (Todos os dias eu...) e no Presente do Subjuntivo (Espero que eu...) escritas com um e antes do i:

Todos os dias eu anseio,
tu anseias,
ele anseia
eles anseiam;

Espero que eu anseie,
que tu anseies,
que ele anseie
que eles anseiem.

Os outros verbos citados também: eu intermedeio, eu medeio, eu remedeio, eu incendeio, eu odeio; que ele intermedeie, que ele medeie, que ele remedeie, que ele incendeie, que ele odeie.

As pessoas nós e vós desses dois tempos e todas as pessoas de todos os outros tempos não têm esse e:

Todos os dias nós ansiamos,
vós ansiais;
ontem eu ansiei,
tu ansiaste,
ele ansiou,
nós ansiamos,
vós ansiastes,
eles ansiaram.

A frase apresentada, então, tem de ser corrigida assim:

Feliz aquele que anseia por um futuro melhor!

*Professor de gramática da língua portuguesa, literatura e redação, desde 1980.