PUBLICIDADE
Topo

"Ela pediu para que eu levasse os documentos..."

Atualizada em 16 de junho de 2009

Ela pediu para que eu levasse os documentos.

Essa é simples: o problema da frase apresentada é que o verbo "pedir" é verbo transitivo direto e indireto, ou seja, possui dois complementos: um sem preposição, outro com.

"Quem pede, pede algo a alguém", e não "quem pede, pede para alguém praticar alguma ação". A preposição "a" ou "para" deverá referir-se à pessoa, e não à coisa pedida: "Ela pediu algo a mim" ou "ela pediu algo para mim". O pronome oblíquo átono também poderá ser utilizado: "Ela pediu-me algo".

A frase apresentada, então, poderá ser corrigida assim:

Ela pediu-me que levasse os documentos.

Ou:

Ela pediu a mim que levasse os documentos.

Ou ainda:

Ela pediu para mim que levasse os documentos.