PUBLICIDADE
Topo

"Bento décimo sexto é o sucessor de João Paulo segundo"

Atualizada em 2 de julho de 2009

Bento décimo sexto é o sucessor de João Paulo segundo.

"O cardeal alemão Joseph Ratzinger, 78, completos em 16 de abril de 2005, foi eleito, em 19 de abril de 2005, o 265º papa da história. Considerado o braço direito de João Paulo II, ele adotará o nome de Bento XVI".

Essa notícia deve ter sido lida pela maioria dos brasileiros. Mesmo os não católicos acompanharam com interesse o conclave que elegeria o novo papa. A intenção de nossa coluna hoje é tratar da leitura dos algarismos romanos. Todos estavam acostumados com o nome do papa anterior e diziam sem hesitar: Papa João Paulo segundo. E, agora, devemos dizer Papa Bento décimo sexto? A resposta é NÃO!

A leitura dos algarismos romanos obedece à seguinte regra:

Em nomes de papas, reis, imperadores, séculos, etc., quando o algarismo romano é colocado após o substantivo, lê-se da seguinte maneira:

  • de I a X - por meio de ordinal (primeiro, segundo, terceiro...);
  • de XI em diante - por meio de cardinal (onze, doze, treze...).

    Há, então, por exemplo, as seguintes leituras:
     
  • Século X = século décimo;
  • Século XXI = século vinte e um;
  • Papa João XXIII = Papa João vinte e três;
  • Papa Paulo VI = Papa Paulo sexto;
  • D. Pedro II = D. Pedro segundo.

    Se, porém, o algarismo romano for colocado antes do substantivo, a leitura será efetivada sempre por meio de ordinal. Há, então, por exemplo, as seguintes leituras:
     
  • II Festa da Uva = Segunda Festa da Uva;
  • XLV Exposição Agropecuária de Londrina = Quadragésima quinta Exposição Agropecuária de Londrina.

    No início do texto, escrevi que Bento XVI é o 265° papa da história. Como se lê esse numeral?

    A leitura de numerais ordinais é uma das inúmeras dificuldades da língua portuguesa. A leitura deve ser efetivada da seguinte maneira:

    1° = primeiro
    2° = segundo
    3° = terceiro
    4° = quarto
    5° = quinto
    6° = sexto
    7° = sétimo
    8° = oitavo
    9° = nono
    10° = décimo
    20° = vigésimo
    30° = trigésimo
    40° = quadragésimo
    50° = quinquagésimo
    60° = sexagésimo
    70° = septuagésimo
    80° = octogésimo
    90° = nonagésimo
    100° = centésimo
    200° = ducentésimo
    300° = trecentésimo
    400° = quadringentésimo
    500° = quingentésimo
    600° = sexcentésimo ou seiscentésimo
    700° = septingentésimo
    800° = octingentésimo
    900° = nongentésimo ou noningentésimo
    1.000° = milésimo
    de 2.000 em diante = dois milésimo ou segundo milésimo

    Formando um numeral ordinal, há, então, por exemplo, o seguinte:

    3.867° = O três milésimo (ou o terceiro milésimo) octingentésimo sexagésimo sétimo.

    583ª = A quingentésima octogésima terceira.

    O Papa Bento XVI é, então, o ducentésimo sexagésimo quinto papa da história.

    Voltando à frase apresentada no começo da coluna, o adequado ao português-padrão é, então, dizer o seguinte:

    Bento dezesseis é o sucessor de João Paulo segundo.