PUBLICIDADE
Topo

"Atenhai-vos ao que vos for pedido"

Atualizado em 29/01/2015, às 13h14

Por Dílson Catarino*:

Atenhai-vos ao que vos for pedido.

Um internauta atento à gramática normativa enviou-me um e-mail perguntando-me se a frase apresentada está adequada ao padrão culto da nossa língua. Veja a sua pergunta:

Olá, professor Dílson, necessito que tire uma dúvida sobre o verbo ater-se. Esclareça-me onde está o erro da frase abaixo. Qual a forma verbal que devo usar?

Atenhai-vos ao que vos for pedido.

Muito bem. Vamos à resposta:

Quando o verbo indicar pedido, conselho, ordem ou apelo, será conjugado no modo imperativo. Este modo se conjuga da seguinte maneira:

Pedido, conselho, ordem ou apelo afirmativos destinados às segundas pessoas (tu e vós): as formas verbais são idênticas às do presente do indicativo, retirando-se a letra s da estrutura verbal. O presente do indicativo é identificado por meio da expressão Todos os dias....

Pedido, conselho, ordem ou apelo afirmativos destinados às pessoas você, vocês - ou a qualquer pronome de tratamento (senhor, senhora, senhorita, Vossa Excelência...) - e à primeira pessoa do plural (nós): as formas verbais são idênticas às do presente do subjuntivo, tempo que identificamos por meio da expressão Espero que....

Pedido, conselho, ordem ou apelo negativos destinados a qualquer pessoa: as formas verbais são idênticas às do presente do subjuntivo.

Por exemplo, o verbo cantar:

Imperativo afirmativo:

  • Todos os dias tu cantas; retira-se a letra s: Canta aquela canção que só tu sabes;
  • Todos os dias vós cantais; retira-se a letra s: Cantai aquela canção que só vós sabeis;
  • Espero que você cante: Cante aquela canção que só você sabe;
  • Espero que nós cantemos: Cantemos aquela canção que só nós sabemos;
  • Espero que vocês cantem: Cantem aquela canção que só vocês sabem.

Imperativo negativo:

  • Espero que tu cantes: Não cantes aquela canção que tu não sabes;
  • Espero que você cante: Não cante aquela canção que você não sabe;
  • Espero que nós cantemos: Não cantemos aquela canção que nós não sabemos;
  • Espero que vós canteis: Não canteis aquela canção que vós não sabeis;
  • Espero que eles não cantem: Não cantem aquela canção que vocês não sabem.

A única exceção está no imperativo afirmativo para as segundas pessoas do verbo ser: Sê tu; Sede vós.

O verbo apresentado (ater) é derivado do verbo ter, por isso tem as mesmas terminações que este: eu tenho / eu atenho. Ele tem, então, a seguinte conjugação no presente do indicativo. Conjugaremos a forma pronominal do verbo (ater-se), já que a pergunta traz esse verbo:

Atende-vos ao que vos for pedido

Obs.: A estrutura verbal Atende-vos é paroxítona, ou seja, a sílaba tônica é TEN.

*Professor de gramática da língua portuguesa, literatura e redação, desde 1980.