"Adolescente escolhe vir a Brownsville ao invés de ir à Disney"

Semântica

Atualizado em 29/01/2015, às 12h24

Por Dílson Catarino*:

"Adolescente escolhe vir a Brownsville ao invés de ir à Disney World."

Essa frase foi encontrada em um site religioso. Obviamente não discutiremos religião, e sim o nosso assunto de sempre: a Gramática da Língua Portuguesa. A inadequação presente à frase é extremamente comum aos brasileiros em geral. Muitos possuem a mesma dúvida: Qual a diferença entre ao invés de e em vez de? Vamos à explicação:

O substantivo invés significa lado oposto, contrário, avesso. Ao formar uma locução, o significado será mantido, por isso a acepção de ao invés é ao contrário, às avessas e de ao invés de é ao inverso de, ao contrário de. Ao invés de, portanto, deve ser empregado somente quando houver uma oposição real entre determinada coisa e outra(s).

Já a locução em vez de significa em substituição de, em lugar de e também ao contrário de, ao inverso de, ao invés de. A que conclusão chegamos? À conclusão de que se pode usar em vez de em qualquer circunstância (dentro dos significados vistos, logicamente), mas só se pode usar ao invés de quando se quiser da noção de inverso, contrário, às avessas. Vejamos alguns exemplos:

Estudou matemática em vez de química. (Não se deve usar ao invés de, já que não há oposição entre estudar matemática ou química)

O elevador, em vez de subir, desceu. (Também se poderia dizer O elevador, ao invés de subir, desceu, já que subir é o oposto de descer)

A frase apresentada, então, está inadequada, já que não existe oposição entre ir a Brownsville e ir à Disney World. Ela deveria ser assim estruturada:

"Adolescente escolhe vir a Brownsville em vez de ir à Disney World."

*Professor de gramática da língua portuguesa, literatura e redação, desde 1980.

UOL Cursos Online

Todos os cursos