UOL Vestibular fotos

12/12/2011

Aprenda a química da vida prática

Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Aprenda a química da vida prática
  • link: http://vestibular.uol.com.br/album/Quimicacotidiano_album.jhtm
  • totalImagens: 10
  • fotoInicial: 10
  • imagePath: http://ve.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120105213802
    • Especial Microsoft [58109];
Fotos
Usinas nucleares não criam monstros e não provocam alterações genéticas. Angra 1, na foto, faz parte da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto e seus reatores produzem energia, por exemplo, para movimentar navios e submarinos. Você sabia que a radiação emitida pelos núcleos de certos átomos pode oferecer vários outros benefícios? Sturm/Wikimedia Commons Mais
"Nem relógio trabalha de graça", afirma o dito popular. De fato, a ciência mostra que toda produção de trabalho requer certa quantidade de energia. O motor de um automóvel segue a mesma regra e esconde, quando em funcionamento, diversos fenômenos químicos. Veja como o mundo das moléculas põe um carro em movimento GNU Mais
Costuma-se dizer que, do boi, só não se aproveita o berro. A sabedoria popular está certa. Dentre os vários subprodutos de origem bovina, até mesmo sebo e ossos, desprezados nos açougues, voltarão, depois de um longo processo de reciclagem, à vida dos consumidores. Você sabe quais produtos de uso diário escondem gordura animal? Valter Campanato/ABr Mais
As pimentas típicas da América tropical, fartamente utilizadas em nossa culinária, possuem colorido, aroma, sabor e ardência característicos, que as diferenciam bastante da pimenta-do-reino, de origem asiática, uma das especiarias mais antigas da humanidade. Conheça as propriedades químicas desses alimentos David Monniaux/GNU Mais
Cores puras e violentas; pinceladas espontâneas e ágeis: são algumas das características do Fauvismo, movimento artístico do qual fez parte o francês André Derain que, neste quadro, retrata o também pintor Henri Matisse. Mas só vemos essa explosão de cores graças a uma complexa interação de luz e moléculas. Você sabe como ela ocorre? Reprodução Mais
As múmias aterrorizam a imaginação humana há muito tempo. E o cinema se encarregou de potencializar o aspecto assustador desses corpos habilmente conservados por diferentes civilizações. No entanto, além de inofensivas, as múmias são documentos preciosos para o estudo do passado. Veja como é possível saber a idade de uma múmia GNU Mais
Grandes atletas, como o nadador André Luiz de Mello (na foto), não fazem uso de drogas para melhorar o desempenho. Contudo, em busca de fama e dinheiro, alguns desportistas procuram meios artificiais para superar suas marcas, o que é proibido nas competições. Descubra como o doping pode prejudicar a carreira e a saúde dos atletas Elza Fiúza/Abr Mais
Muitas pessoas passam a vida lutando para emagrecer. Algumas, correndo os riscos da automedicação, acreditam que basta ingerir inibidores de apetite para perder alguns quilinhos, esquecendo-se de que todo regime alimentar requer, antes de tudo, um perfeito equilíbrio entre alimentação e metabolismo. Será que a química pode ajudar nas dietas? Adam Hart-Davis Mais
Um ato simples como calibrar os pneus pode, quando feito sem cuidado, aumentar o desgaste do automóvel, forçar demais a suspensão e causar vários outros problemas. Além disso, os motoristas sempre se perguntam o que é melhor para o desempenho do carro e a vida útil dos pneus: oxigênio ou nitrogênio? A química tem a resposta Wikimedia Commons Mais
A baía de Minamata (foto), localizada na província de Kimamoto, no Japão, foi palco, na segunda metade do século 20, do Desastre de Minamata, quando milhares de pessoas e várias espécies animais sofreram contaminação por mercúrio, usado como catalisador pela petroquímica Chisso. Você sabe por que o mercúrio é um metal perigoso? Wikimedia Commons Mais

Últimos álbuns publicados

Hospedagem: UOL Host