UOL Vestibular fotos

12/12/2011

Como o comunismo acabou na Europa?

Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Como o comunismo acabou na Europa?
  • link: http://vestibular.uol.com.br/album/Quedadocomunismo_album.jhtm
  • totalImagens: 6
  • fotoInicial: 6
  • imagePath: http://ve.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120105212129
    • Especial Microsoft [58109];
Fotos
Mikhail Gorbatchev, então presidente da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas), pode ser considerado um dos grandes responsáveis pela queda do comunismo na Europa. As políticas que ficaram conhecidas como glasnost e perestroika implantaram reformas na URSS e disseminaram uma política de não intervenção nos países do bloco socialista europeu AP Photo/Alexander Zemlianichenko Mais
Os países derrubaram a Cortina de Ferro de maneiras diferentes. Entre as ações tomadas pela Hungria, esteve a abertura das fronteiras com a Áustria (na foto), além do piquenique paneuropeu, que aconteceu na divisa entre os dois países. Alemães orientais em férias na região foram convidados e os guardas húngaros faziam vista grossa para os que atravessavam para o lado austríaco AP/Kronen Zeitung Gino Molin Mais
Na Polônia, o sindicato Solidariedade foi um dos responsáveis pela queda do comunismo. Na foto, Lech Walesa, presidente da associação e um dos líderes do movimento grevista dos estaleiros da cidade de Gdansk. Anos depois, Walesa tornou-se presidente do país Reuters/Marek Zarzecki/Kfp/File Mais
Considerado por muitos como o símbolo do fim da Guerra Fria, a queda do Muro de Berlim aconteceu em 1989, após uma série de protestos por toda a Alemanha Oriental. O anúncio da abertura das fronteiras com a Alemanha Ocidental foi feita por engano por Günter Schabowski, porta-voz do Politburo, durante uma entrevista coletiva à imprensa AP Mais
Na Tchecoslováquia, a Revolução de Veludo marcou a queda do comunismo. Apesar de alguns protestos violentos, como na foto, a transição teve caráter pacífico e ainda provocou a divisão do país em República Tcheca e Eslováquia AFP Mais
A Romênia teve uma das transições mais traumáticas. Com a população empobrecida, o fim do comunismo foi marcado pela execução do ditador Nicolae Ceaucescu e da mulher, Elena. Na foto, os dois tentam, de cima do balcão de um palácio, acalmar a população em Bucareste Reuters Mais

Últimos álbuns publicados

Hospedagem: UOL Host