Verminoses

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação



 


As verminoses são doenças causadas por vermes parasitas pertencentes aos grupos dos platelmintos e nematelmintos. A maioria pode ser evitada através da adoção de medidas de saneamento básico e de higiene pessoal.


Esquistossomose (Barriga d'água)



a) Agente etiológico: Schistossoma mansoni, platelminto pertencente à classe Trematoda.



b) Contágio: penetração da larva cercária através da pele.



c) Ciclo de vida: o esquistossoma tem o homem como hospedeiro definitivo e caramujos (Biomphalaria sp.) de água doce como hospedeiros intermediários. Quando as fezes humanas contaminadas com ovos atingem a água, um estágio larval, chamado miracídio, se desenvolve. O miracídio penetra no caramujo, onde ocorre a reprodução assexuada e a formação de esporocistos. Os esporocistos dão origem a outro tipo de larva, a cercária, que abandona o caramujo atingindo a água. O homem se contamina com a cercária ao andar descalço na beira de lagos ou áreas de solo úmido contaminado. As larvas perfuram a pele e penetram na corrente sanguínea, atingindo o intestino e o fígado, no interior dos quais se desenvolvem e se reproduzem sexuadamente, originando novos ovos e fechando o ciclo.



d) Sintomas: na fase aguda pode ocorrer febre, dores de cabeça e abdominais, diarreia, vômitos, entre outros. Na fase crônica, diversos órgãos podem ser atingidos, tendo seu funcionamento prejudicado. O rompimento de células e tecidos provoca a liberação de fluídos na cavidade abdominal, provocando o inchaço dessa região, vindo daí o nome barriga d'água.



e) Profilaxia: medidas de saneamento básico, medidas de higiene pessoal e controle da população de caramujos.



Amarelão (Ancilostomose)



a) Agente etiológico: Ancylostoma duodenale e Necator americanus, vermes pertencentes ao grupo dos nematelmintos.



b) Contágio: penetração da larva através da pele e mucosas ou através da ingestão de água ou alimentos contaminados.



c) Ciclo de vida: após penetrar no corpo humano, as larvas caem na corrente sanguínea e sofrem diversas transformações até chegar ao sistema digestivo. No interior do intestino, atingem o estágio adulto e se reproduzem, liberando ovos que serão eliminados através das fezes. Os vermes adultos se fixam na parede do intestino, provocando pequenas lesões e se alimentando do sangue do hospedeiro.



d) Sintomas: a penetração da larva pode provocar coceira, ardência e edemas. A instalação do verme no intestino pode causar dor abdominal, náuseas, vômitos, diarreias e anemia.



e) Profilaxia: medidas de saneamento básico e higiene pessoal, evitar contato com solos úmidos apropriados ao desenvolvimento da larva, através, por exemplo, do uso de calçados.



Ascaridíase (Lombriga)



a) Agente etiológico: Ascaris lumbricoides (lombriga).



b) Contágio: ingestão dos ovos do verme através das mãos, água ou alimentos contaminados.



c) Ciclo de vida: os ovos ingeridos atingem o intestino, originando larvas que migram para a corrente sanguínea. Através da circulação, as larvas atingem diversos órgãos, nos quais podem provocar lesões. Ao chegar aos pulmões, as larvas migram pelo sistema respiratório até atingir a faringe. Da faringe elas podem ser expelidas para a boca e, em seguida deglutidas. Desta forma, atingem novamente o sistema digestivo. No interior do intestino, as larvas se desenvolvem em adultos e se reproduzem. Seus ovos são liberados com as fezes, fechando o ciclo.



d) Sintomas: lesões nos órgãos afetados. Ao atingir os pulmões, as larvas podem causar bronquite, febre e pneumonia. A presença dos vermes no aparelho digestivo pode causar dores abdominais, diarreias, vômitos e náuseas. No caso de um grande número de vermes, pode ocorrer a obstrução ou perfuração intestinal.



e) Profilaxia: medidas de saneamento básico e de higiene pessoal, consumo, de água tratada e alimentos bem lavados.


 

 

 

Da Página 3 Pedagogia & Comunicação

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos