Com metade da nota, cotista entra nos cursos mais concorridos da Uerj

Do UOL, em São Paulo

A Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) divulgou nesta quarta-feira (23) a relação das notas máximas e mínimas dos candidatos aprovados no vestibular 2013. A lista revelou a discrepância entre o desempenho mínimo exigido de cotistas e não cotistas nos cursos mais concorridos da universidade – pioneira na adoção de reserva de vagas no país.

Nas graduações que tiveram as notas de corte mais altas, a diferença entre a nota de quem optou pela ampla concorrência e quem optou pelas cotas chegou a ser o dobro. Para ser aprovado no curso de engenharia mecânica, o candidato "regular" precisou tirar, no mínimo, 84,75 pontos, contra 41,5 pontos dos alunos da rede pública e 40,25 dos candidatos que optaram por cotas raciais.

No curso de engenharia civil, a diferença foi semelhante: 80 pontos para candidatos de livre concorrência, 43 pontos para estudantes de escola pública e 38 pontos para cotistas raciais. O mesmo padrão se repetiu, em igual ou menor medida, nos cursos de engenharia de produção, engenharia química, relações internacionais e direito.

O resultado contraria tendência verificada no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que seleciona estudantes para faculdades públicas por meio da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). No sistema federal, a diferença das notas de corte nos cursos de ponta, foi em média, de 5%.

Desde 2002, por força de uma lei estadual, a Uerj adota reserva de vagas. De acordo com o edital do vestibular deste ano, 45% das vagas foram destinadas a cotistas – 20% para alunos de escolas públicas, 20% para estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas e 5% para portadores de deficiência ou filhos de policiais militares.

Medicina é exceção

Dentre os principais cursos da Uerj, o de medicina foi a exceção no que se refere  à diferença de notas entre candidatos cotistas e não cotista. A nota mínima para aprovação na ampla concorrência foi 85,25 (maior nota de corte do vestibular), contra 76,5 entre cotistas raciais e 73,25 de estudantes da rede pública.

Veja os 10 cursos com as maiores notas de corte da Uerj

Curso Nota mínima - Ampla concorrência Nota mínima - Alunos de escola pública Nota mínima - Cotas raciais
Medicina 85,25 73,25 76,25
Engenharia Mecânica 84,75 41,50 40,25
Engenharia Civil 80,00 43,00 38,00
Engenharia Química 79,00 46,50 45,00
Direito 78,75 53,00 52,25
Engenharia de Produção 78,25 40,50 37,50
Relações Internacionais 77,00 52,75 44,50
Desenho Industrial 76,50 57,00 50,25
Jornalismo 75,75 54,00 48,50
Letras: Inglês/Literaturas 73,50 35,25 31,25


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos